O Executivo de Pedro Passos Coelho

Written by  //  20 de Junho de 2011  //  Especial Eleições Antecipadas, Por Perto  //  No comments

Formado em tempo recorde, o novo Executivo foi apresentado e toma posse na próxima terça-feira. Após o anúncio, as críticas, apoios e reflexão sobre a equipa de Passos Coelho, saiba quem são os próximos ministros de Portugal.

11 é o número chave nesta formação. O Executivo liderado por Pedro Passos Coelho não apresenta mais do que 11 ministros, o que levou à agregação de vários ministérios, criando super-pastas. Com uma equipa jovem, com uma média de idades de 47 anos, o Governo de coligação PSD-CDS espera levar avante os quatro anos de governação, seguindo religiosamente o acordo assinado com as entidades internacionais.

Neste Executivo, Pedro Passos Coelho atribui quatro pastas ao seu partido, chamando quatro nomes sonantes no cenário político português. Paula Teixeira da Cruz para a Justiça, Miguel Relvas que fica como Ministro dos Assuntos Parlamentos, Miguel Macedo a quem é atribuída a Administração Interna e finalmente José Pedro Aguiar-Branco na Defesa.

Três pastas são atribuídas ao CDS, com o líder do partido Paulo Portas a receber o Ministério dos Negócios Estrangeiros, Pedro Mota Soares, a quem é atribuída a Segurança Social e Assunção Cristas, a mais nova do Executivo, que se vê a braços com a super-pasta Agricultura, Ambiente e Ordenamento do Território.

Feitas as contas, sobram quatro lugares que são atribuídos a independentes. Nuno Crato, Paulo Macedo, Vítor Gaspar e Álvaro Santos Pereira são os nomes que Pedro Passos Coelho chamou para se ocuparem das pastas da Educação, Saúde, Finanças e Economia, respectivamente.

Governo jovem, com o independente Nuno Crato de 59 anos a encabeçar a lista dos mais velhos e Assunção Cristas de 36 anos, o “benjamim” do Governo de Passos Coelho. O novo Executivo apresenta também uma clara dominação masculina. São apenas duas as mulheres no Governo de Passos Coelho, contrastando com as cinco do Governo de José Sócrates.

Apesar de suprimidos alguns ministérios, foram já divulgados também alguns nomes para Secretários de Estado. O escritor editor José Viegas é o nome apontado para Secretário de Estado da Cultura. Para Secretário de Estado adjunto do primeiro-ministro o nome anunciado é o de Carlos Moedas, que terá um papel preponderante junto de Passos Coelho. O social-democrata Marques Guedes fica como Secretário de Estado da Presidência  do Conselho de Ministros.

O novo Governo toma posse esta terça-feira, às 12h no Palácio da Ajuda.

About the Author

Diana Rodrigues

Aspirante a Jornalista, estudo Ciências da Comunicação na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa. Apaixonada pela escrita e tudo o que ela envolve. Escrevo, leio e danço. Um caderno, um lápis, um livro e um mp3 são objectos essenciais. Fernando Pessoa dizia "Tenho em mim todos os sonhos do mundo", e apesar de não ter pessoas a viver dentro de mim, os sonhos também os tenho.

View all posts by

Leave a Comment

comm comm comm