BE quer acabar com a violência nas praxes

Written by  //  3 de Novembro de 2011  //  Por Perto  //  No comments

Na passada quarta-feira, o BE entregou na Assembleia da República um projecto contra as praxes violentas. O objectivo dos bloquistas é levar o Governo a assumir “uma postura que não legitime as práticas de praxes violentas no interior ou no exterior das instituições de ensino superior”.  

Com o objectivo de acabar com as praxes violentas no ensino universitário, o Bloco de Esquerda entregou, na passada quarta-feira, na Assembleia da República, um projecto de resolução neste sentido. Deste modo, os bloquistas pretendem que o Ministério da Educação e Ciência assuma “uma postura que não legitime as práticas de praxes violentas”.

No entanto, a questão dos abusos por parte dos alunos mais velhos para com os mais novos tinha já sido levantada em 2008. Contudo, o BE considera que, actualmente, é ainda necessário que o Governo tome algumas providências pois, mesmo que os casos de violência tenham deixado de ocorrer dentro das instituições universitárias, continuam a verificar-se no exterior.

O Bloco de Esquerda acredita ser também fundamental a criação de uma associação “que permita acompanhamento psicológico e jurídico aos estudantes que solicitem apoio e que denunciem situações de praxe”. Para os deputados do partido em questão, estas medidas vão mostrar que a entrada na universidade não pode ser vista como um período “onde tudo é permitido”.   

About the Author

Helena Jorge

Estudo Ciências da Comunicação na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa. Gosto de ler e escrever. Ambiciono ser jornalista na área da televisão.

View all posts by

Leave a Comment

comm comm comm