Fernando Nobre convida maçons a saírem da toca

Written by  //  8 de Janeiro de 2012  //  Por Perto  //  No comments

Fernando Nobre admitiu pertencer à Maçonaria. Segundo o ex-candidato à presidência, os maçons já não precisam de se esconder, têm sim de assumir sem vergonha o que são.

Preferindo agir às escuras, a Maçonaria vê-se, agora, exposta às luzes da atenção pública. Tudo começou com a alegada ligação de Luís Montenegro, presidente da bancada parlamentar do PSD, à mesma loja maçónica à qual pertence o ex-director do SIED, Jorge Silva Carvalho. Agora foi a vez de Fernando Nobre admitir ser um “maçon adormecido”.

Em declarações à SIC Notícias, o ex-candidato à presidência da República deixou de lado os rodeios e assumiu ser membro da loja do Grande Oriente Lusitano. Segundo Nobre, “o mundo mudou” e, como tal, já não faz sentido que a Maçonaria seja forçada a agir às escuras com medo da repressão. Assim, convida todos os maçons a deixarem de lado as defesas que procuraram erguer contra a “violenta perseguição” ditatorial e a saírem das suas tocas.

Mesmo não tendo, de momento, uma participação activa nas actividades da Maçonaria, Nobre não esconde o orgulho da sua pertença ao grupo. “Não temos que ter vergonha do que somos”, defendeu. Assim, para o ex-cabeça de lista do PSD por Lisboa, é tempo de mudança, é tempo dos maçons deixarem para trás a sombra e mostrarem ao mundo que não são “carreirismos” nem “ambições” o que os move mas sim “valores”.

About the Author

DezInteressante

Para quem se interessa.

View all posts by

Leave a Comment

comm comm comm