Porque é que ainda estranhamos?

Written by  //  30 de Janeiro de 2012  //  DezIN  //  No comments

Opinião

O novo programa da TVI “A tua cara não me é estranha” está a dar que falar. À segunda-feira as redes sociais enchem-se de partilhas e posts sobre as actuações da noite anterior.Pois não há nada mais brejeiro e piroso que aquilo. É um verdadeiro festival da bimbalhada.
Como é que é possível porem a Romana a cantar Adele e dizerem que foi lindo, perfeito e afinadinho? Foi um assassinar da música daquela que é considerada uma das melhores cantoras de sempre. Mais, o que é que se passa com a Alexandra Lencastre que, cada vez que mudava para o programa, lá estava ela a dar beijos na boca a alguém?! Foi ao Goucha, à Maria João Abreu e até à Simone de Oliveira. À Simone! A Sónia Brazão depois de, voluntária ou involuntariamente, ter pegado fogo a ela e à casa toda, está ali, como se nada fosse, na vida dela, a cantar pior que o Zé Cabra. Mas, mesmo assim, lá a puseram no programa e adoram-na. É a coitada. O António Sala, qual fénix renascida das cinzas, caiu, ali, do céu e só abre a boca para dizer… nada. Vomita umas quantas palavras, que no fim servem para dizer o mesmo que os outros já disseram. O José Carlos Pereira, aquele que já deve ter batido o recorde da Amy Winehouse no número de vezes que esteve na reabilitação, também por lá anda. Mais um coitado.
E é assim. São estes os programas que nos servem de entretenimento. São estes os programas que nos distraem a cabeça em tempos de crise. São eles que incentivam as crianças e jovens deste país a serem pessoas melhores, mais cultas e instruídas. Certo, é que a TVI aos domingos à noite é líder de audiência. Digam lá que isto não diz muito sobre o nosso País?

About the Author

Claudia Lopes

Gosto de desafios. Licenciei-me em publicidade e relações públicas e, de momento, trabalho na área da publicidade. Viciei-me na internet e apaixonei-me pelos blogues. Gosto de todos os géneros. Começando pelos de moda até aos de política, passando pelos de gastronomia, pelos diários, aos que passam os dias a criticar a situação do país e, até aos que o único assunto é a quantidade de sujidade que a fralda dos filhos tem. Gosto de blogues e pronto.

View all posts by

Leave a Comment

comm comm comm