Strauss-Kahn sai em liberdade

Written by  //  22 de Fevereiro de 2012  //  De Longe  //  No comments

Strauss-Kahn saiu hoje em liberdade, depois de ter sido preso preventivamente ontem, dia 21, em Lille. O ex-director geral do FMI foi acusado de mais um escândalo sexual, o caso Carlton.

Dominique Strauss-Khan saiu hoje em liberdade, um dia depois de ter sido preso pela polícia francesa em Lille, no norte de França. Strauss-Khan foi ouvido pela polícia acerca do caso Carlton, mais um escândalo sexual do qual foi acusado.

O ex-director geral do FMI foi detido em Lille para que se investigasse o seu alegado envolvimento em redes de prostituição, em processos paralelos àquele em que esteve envolvido no hotel Sofitel, em Nova Iorque, em que foi acusado de agressão sexual por uma empregada do hotel. Strauss-Khan foi ouvido sobre festas em Washington e Paris, em que alegadamente participou. Os investigadores pretendiam descobrir se as mulheres que estavam presentes nessas festas eram prostitutas.

Algumas testemunhas do caso afirmaram que dois empresários franceses financiaram várias viagens de mulheres para os EUA, tendo a última dessas viagens acontecido de 11 a 13 de Maio, pouco antes da prisão de Strauss-Kahn no âmbito do caso do hotel Sofitel. Strauss-Kahn negou a alegada agressão sexual. No entanto, na altura, o escândalo gerado pôs fim às ambições presidenciais de Strauss-Kahn na França e fez com que lhe fosse retirada a sua posição no FMI.

About the Author

Joana Isabel Carreto

Estudante no 3º ano de Ciências da Comunicação na Universidade Nova de Lisboa. Apaixonada por sítios, cidades, países. Amante do essencial. Da compreensão, da autenticidade. De partir à descoberta. De arriscar. Das coisas boas da vida.

View all posts by

Leave a Comment

comm comm comm