Editorial: Não sejam piegas senhores ministros e façam qualquer coisa

Written by  //  19 de Março de 2012  //  Editorial, Por Perto  //  No comments

Já não se pode ficar calado. O Governo tem de fazer alguma coisa e parar as subidas dos preços dos combustíveis. Dizer que “não é uma boa notícia” não chega, dizer que está tudo bem é mentira.

Queríamos fazer estas perguntas aos governantes. Não podendo e já que usam tanto estas novas ferramentas, deixamos aqui as perguntas sobre os aumentos dos combustíveis. Podia ser a opinião de um português, mas não é. Numa caixa registadora de um supermercado, o “pic, pic” do pagamento pelas mãos de alguém que recebe algo como 600 euros serve para de cenário para “a” conversa do dia. O tema é como uma beata mal apagada no mato durante o Verão. Diz um rapaz, nos seus 20 anos, que “em 2002 a minha irmã enchia o depósito por 25 euros. Agora gasto isso por semana”. Foi música para os ouvidos da peixeira que estava atrás, do rapaz que estava ao lado, do funcionário que estava à frente e todos os outros que se lembram “daquele mês” mais barato.

Feitas as contas, como é possível que uma pessoa que ganhe os famosos 500 euros possa gastar mais de 200 em combustível? Será que os senhores ministros não têm um familiar? Um amigo? Um conhecido? Alguém que lhe tenha dito que é impossível ir trabalhar porque a gasolina custa mais em Portugal que na Europa – facto? Que quando os preços do crude baixam, a gasolina não baixa da mesma forma – facto? Que o aumento dos preços vai fazer com que os aumentos dos passes do comboio de nada sirvam – facto?

Os senhores governantes que agora tanto usam as novas tecnologias, se algum dia lerem isto, arrisquem a responder.

– Desregular os preços não trouxe custos mais baixos para os consumidores. Se a situação não está bem, não é possível fazer nada?
– Pedia-lhe a maior da honestidade. Acha mesmo que a concorrência existe e que os preços não têm, de alguma forma, uma concertação?
– Honestamente, acha mesmo que os preços não deviam ser regulados?
– Como vai fazer com os transportes públicos, depois destes aumentos? Vamos voltar a ver os passes subirem?
– O anuncio da rede low cost é uma coisa séria ou já ficou na gaveta? Porque razão ainda não está cá fora?
– Quanto gasta em gasolina, do seu bolso, por semana?

Não sejam piegas, não dêem a volta às questões; dêem respostas.

Boas palavras para todos
Diogo Carreira

About the Author

Diogo Carreira

Sempre sem juízo, numa luta constante pela liberdade de imprensa e de expressão. Jornalista profissional desde 2008, mas com o bichinho da escrita e da imagem desde os gloriosos anos da primária. O gravador em mini K7 transformou-se num iPhone, a máquina fotográfica de rolo é agora uma digital. O papel e caneta? Esses são os mesmos.

View all posts by

Leave a Comment

comm comm comm