Investidores aceitam pagar para emprestar dinheiro a França

Written by  //  9 de Julho de 2012  //  De Longe  //  No comments

Quem emprestou dinheiro a França esta segunda-feira aceitou pagar para isso. Os investidores preferem gastar um pouco do investimento mas ter a garantia que recebem quase a totalidade de volta.

Pode ser difícil de acreditar, mas os investidores que emprestaram dinheiro a França preferem não receber a totalidade, mas garantir a devolução de parte. O Tesouro francês colocou no mercado dívida de 20,4 mil milhões de euros a uma taxa negativa de 0,005 por cento a três meses e de 0,006 por cento a seis meses. Ou seja, os fundos que compraram os títulos de dívida franceses sabem que não vão reaver a totalidade do empréstimo. O mesmo tem acontecido com as emissões da Alemanha e da Holanda.

Com a crise de dívida da Europa, os investidores têm pedido juros muito elevados a países com Portugal, Espanha ou mesmo Itália. Foi a escalada desses custos de financiamento que levou aos pedidos de ajuda tanto de Portugal, como Grécia ou Irlanda. Na prática, estes países deixaram de conseguir dinheiro emprestado nos mercados. Com os receios de não receber de volta os investimentos, quem compra dívida de países prefere assim países como Alemanha e França, mesmo que saiba que vai receber um pouco menos do que emprestou. De recordar que Itália e Espanha têm pagado juros recorde pela dívida que emitem.

About the Author

DezInteressante

Para quem se interessa.

View all posts by

Leave a Comment

comm comm comm