FMI adivinha menos crescimento mundial nos próximos anos

Written by  //  16 de Julho de 2012  //  De Longe  //  No comments

O Fundo Monetário Internacional acredita que o mundo vai crescer menos do que o esperado. O FMI teme que a crise na Zona Euro prejudique as economias emergentes.

Se os motores das economias da Europa estão a ficar sem combustível, é cada vez mais certo que o problema vá chegar a todo o Mundo. O Fundo Monetário Internacional reviu em baixa o crescimento global. O mesmo será dizer que as economias mundiais vão crescer menos do que o esperado. Até aqui e ainda em Abril, o FMI previa um crescimento de 3,6 por cento, mas agora a previsão fica-se nos 3,5 por cento. Ainda que esta seja uma revisão ligeira, o mesmo não acontece para o próximo ano. Para 2013, o organismo liderado por Christine Lagarde reviu o crescimento mundial de 4,1 para 2,9 por cento.

As preocupações sobre a crise na Europa são visíveis no relatório do Fundo. O FMI diz que “o risco mais imediato [para a economia mundial] é que uma acção política insuficiente ou atrasada possa conduzir a uma escalada da crise do euro”. Neste documento não existe uma revisão sobre a economia portuguesa, mas a situação de Espanha é revista em baixa. Para este ano o país vizinho vai contrair 0,6 por cento, enquanto que até há uns meses o FMI acreditava que Espanha ia crescer ligeiramente, 0,1 por cento.

About the Author

Diogo Carreira

Sempre sem juízo, numa luta constante pela liberdade de imprensa e de expressão. Jornalista profissional desde 2008, mas com o bichinho da escrita e da imagem desde os gloriosos anos da primária. O gravador em mini K7 transformou-se num iPhone, a máquina fotográfica de rolo é agora uma digital. O papel e caneta? Esses são os mesmos.

View all posts by

Leave a Comment

comm comm comm