Grécia podia ter falido este mês mas o BCE não deixou

Written by  //  5 de Agosto de 2012  //  De Longe  //  No comments

A Grécia esteve a um passo da falência mas o Banco Central Europeu decidiu emprestar dinheiro suplementar. O BCE libertou perto de quatro mil milhões de euros para garantir a sustentabilidade do país até Setembro.

O Banco Central Europeu autorizou um empréstimo suplementar à Grécia de cerca de quatro mil milhões de euros na reunião de quinta-feira. O organismo liderado por Mário Draghi impediu assim que o país entrasse em falência pelo menos até Setembro, segundo avança o alemão Die Welt. Desta forma, a Grécia consegue pagar as contas mensais até se saber as conclusões da avaliação das instituições internacionais.

Durante as últimas semanas, os técnicos dos credores internacionais estão em Atenas a avaliar a implementação do programa. O Governo grego sempre disse que o acordo tem de ser renegociado, apesar de vários credores, como o FMI, já terem dito que não estão disponíveis para negociar o plano. Até ao próximo mês deverá ser publicado o relatório das instituições que vai dar ou não luz verde a mais uma tranche do segundo empréstimo. Caso os técnicos aconselhem que se liberte uma nova fatia do empréstimo, então a Grécia deve receber mais 31,3 mil milhões de euros.

About the Author

Diogo Carreira

Sempre sem juízo, numa luta constante pela liberdade de imprensa e de expressão. Jornalista profissional desde 2008, mas com o bichinho da escrita e da imagem desde os gloriosos anos da primária. O gravador em mini K7 transformou-se num iPhone, a máquina fotográfica de rolo é agora uma digital. O papel e caneta? Esses são os mesmos.

View all posts by

Leave a Comment

comm comm comm