Saída grega do euro seria “um processo manejável”

Written by  //  7 de Agosto de 2012  //  De Longe  //  No comments

Jean-Claude Juncker disse que a saída da Grécia do euro “seria um processo manejável”. Apesar de possível de contornar, o presidente do Eurogrupo admite que não é um cenário desejável.

A possibilidade de a Grécia abandonar a zona euro seria, segundo Jean-Claude Juncker, “um processo manejável”. Numa entrevista ao canal alemão de televisão WDR, o presidente do Eurogrupo admitiu que uma possível saída do país da moeda única poderia ser feita de uma forma controlada mas que, ainda assim, não é um processo “desejável”.

Segundo Jean-Claude Juncker, a saída da Grécia do euro “da perspectiva actual, seria um processo manejável. Mas não faz disso um processo desejável, pois traria riscos enormes, especialmente para o povo grego”. Outros líderes europeus mostraram opiniões semelhantes sobre uma eventual saída da Grécia do euro.

Philipp Roesler, ministro da Economia da Alemanha afirmou que a saída dos gregos não representaria um beco sem saída para a moeda única. “Infelizmente, é provável que a Grécia não seja capaz de cumprir os requisitos da troika. E acho que para muitos especialistas, e para mim, uma saída da Grécia da zona do euro perdeu o seu horror há muito tempo”, afirmou o ministro alemão.

Mais moderado nas palavras, o Primeiro-ministro do Luxemburgo, que já se mostrou contra a desagregação da moeda única pediu contenção aos líderes dos países nas declarações acerca da situação grega. Quanto às dúvidas e declarações alemãs sobre a capacidade a Grécia conseguir cumprir ou não as suas metas da troika, Juncker considerou-as “mera conversa fiada”.

About the Author

Diana Rodrigues

Aspirante a Jornalista, estudo Ciências da Comunicação na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa. Apaixonada pela escrita e tudo o que ela envolve. Escrevo, leio e danço. Um caderno, um lápis, um livro e um mp3 são objectos essenciais. Fernando Pessoa dizia "Tenho em mim todos os sonhos do mundo", e apesar de não ter pessoas a viver dentro de mim, os sonhos também os tenho.

View all posts by

Leave a Comment

comm comm comm