Caster Semenya fica-se pela prata nos 800 metros

Written by  //  11 de Agosto de 2012  //  Dezporto, Jogos Olímpicos  //  No comments

A atleta sul-africana Caster Semenya, conhecida pelas dúvidas em redor do género sexual, não foi de encontro às expectativas e ganhou apenas a medalha de prata nos 800 metros. Caster Semenya fez a prova com 1,57.23 minutos.

Caster Semenya, atleta sul-africana, venceu este sábado a medalha de prata nos 800 metros dos Jogos Olímpicos de Londres. Mediática pela polémica que causou devido as dúvidas em relação ao género sexual, a atleta completou a prova em 1,57.23 minutos. Mariya Savinova, atleta russa, ultrapassou a meta um segundo antes da sul-africana e sagrou-se campeã olímpica. Ekaterina Poyistogova, também russa, ganhou o bronze.

Do lado português, Vera Santos desmaiou depois da prova de 20 quilómetros marcha e terminou em 49º lugar. Assim que ultrapassou a meta a atleta perdeu os sentidos. Vítima de desidratação, a portuguesa foi levada numa cadeira de rodas para os serviços médicos dos Jogos Olímpicos. Pedro Isidro, atleta natural de Azambuja, também competiu este sábado e foi o primeiro atleta com deficiência intelectual a participar nas olimpíadas. O azambujense acabou em 40º lugar nos 50 quilómetros marcha.

About the Author

Cátia Carmo

Praticante assídua de vários tipos de desporto e amante da escrita, desde os meus 11 anos que decidi lutar para conjugar, profissionalmente, estas minhas duas paixões através de uma só: o jornalismo. Agora estudante de Ciências da Comunicação na Universidade Nova de Lisboa vejo, aos poucos, o sonho a tornar-se realidade.

View all posts by

Leave a Comment

comm comm comm