Portugal é o 13.º país que partilha mais música ilegalmente

Written by  //  18 de Setembro de 2012  //  Tecnociencia  //  No comments

Os portugueses fizeram 5 597 198 partilhas ilegais de música no primeiro semestre de 2012. O espanhol Pablo Alborán foi o artista mais solicitado pelos internautas.

Portugal é o 13.º país que mais partilha música na Internet, revelou um relatório da Musicmetric. No primeiro semestre de 2012, os internautas lusos acederam ilegalmente a 5 597 198 dos mais de 405 milhões de ficheiros em circulação por todo o mundo.

O principal alvo dos piratas nacionais foi o artista Pablo Alborán, cujas canções foram largamente partilhadas pelos portugueses. O estudo da Musicmetric inclui não só websites de venda directa de música como páginas de alojamento de ficheiros e redes sociais.

Ao comparar o número de dowloads com o total da população nacional, Portugal sobe para a quinta posição a nível mundial, atrás do Reino Unido, da Itália, do Canadá e da Austrália. A descarga ilegal de música não tem significado, porém, uma descida dos lucros das editoras de música digital: as receitas das discográficas subiram, em 2011, oito por cento face ao ano anterior.

About the Author

Cátia Soares

Estudante de Ciências da Comunicação. Sonhadora nata com vontade de aprender mais sobre o mundo e o jornalismo através de projectos tão (dez) interessantes quanto este.

View all posts by

Leave a Comment

comm comm comm