Afinal, Portugal não está “num ciclo vicioso”

Written by  //  6 de Janeiro de 2013  //  Por Perto  //  No comments

pedro passos coelhoPedro Passos Coelho diz que Portugal não está num “ciclo vicioso” e que o país até está a vislumbrar “a saída de um período difícil. Ideias do Primeiro-ministro nos votos para 2013.

Portugal não está num “ciclo vicioso”. É esta a garantia deixada pelo Primeiro-ministro, no dia em que recebeu vários grupos que foram cantar as Janeiras em São Bento. Pedro Passos Coelho acrescentou ainda que Portugal até está a “vislumbrar a saída de um período difícil”.

Nas palavras do Primeiro-ministro, os votos são para que “consigam vislumbrar ao longo deste ano aquilo que se chama a luz ao fundo do túnel, quer dizer, o motivo de esperança para perceberem que nós não estamos a iniciar um ciclo vicioso de que não conseguimos sair, mas apenas a vislumbrar a saída de um período difícil que estamos a completar, porque outra forma não há senão passar por ele e resolver os problemas”.

As afirmações de Pedro Passos Coelho surgem depois do Presidente da República ter alertado que o país estava numa espiral recessiva e que era urgente parar esse caminho. Ora, essa não é a mesma ideia que está na mente do chefe de Governo. Pedro Passos Coelho desejou um bom ano a todos os portugueses dizendo que “aproveito esta oportunidade para, por vosso intermédio, desejar a todos, a todos mesmo, mesmo àqueles que gostam pouco do Governo, que tenham um ano à altura de todas as suas expectativas”.

About the Author

Diogo Carreira

Sempre sem juízo, numa luta constante pela liberdade de imprensa e de expressão. Jornalista profissional desde 2008, mas com o bichinho da escrita e da imagem desde os gloriosos anos da primária. O gravador em mini K7 transformou-se num iPhone, a máquina fotográfica de rolo é agora uma digital. O papel e caneta? Esses são os mesmos.

View all posts by

Leave a Comment

comm comm comm