Governo promete que transportes não voltam a ficar inesperadamente mais caros

Written by  //  7 de Janeiro de 2013  //  Por Perto  //  1 Comment

Comboio da CP É a promessa do Governo: os preços dos transportes não vão subir inesperadas este ano. Segundo o secretário de Estado dos Transportes, os aumentos dos últimos anos chegaram ao fim.

Os transportes públicos subiram em média 0,9 por cento no início do ano, mas o Governo garante que é o ponto final nas subidas. Sérgio Monteiro disse esta segunda-feira que “os aumentos extraordinários acabaram”. O secretário de Estado das Obras Públicas, Transportes e Comunicações esteve presente na comemoração dos 53 anos do Metropolitano de Lisboa, onde recordou que a estratégia do Governo foi aumentar os preços nos últimos meses para garantir a sustentabilidade do sector. Entre 2011 e 2012 os bilhetes subiram mais de 20 por cento.

Este ano, os preços subiram como estava previsto, mas há exemplos em que as tarifas aumentaram perto de 20 por cento, como é o caso dos bilhetes no Metro de Lisboa ou na Carris, uma vez que os utilizadores têm gora de utilizar o Navegante. Os preços passam de 29 euros para 35.

About the Author

Diogo Carreira

Sempre sem juízo, numa luta constante pela liberdade de imprensa e de expressão. Jornalista profissional desde 2008, mas com o bichinho da escrita e da imagem desde os gloriosos anos da primária. O gravador em mini K7 transformou-se num iPhone, a máquina fotográfica de rolo é agora uma digital. O papel e caneta? Esses são os mesmos.

View all posts by

One Comment on "Governo promete que transportes não voltam a ficar inesperadamente mais caros"

  1. Anónimo 7 de Janeiro de 2013 às 22:57 · Responder

    Verbos!!!! ter/ser não são sinónimos

Leave a Comment

comm comm comm