“Iturbe está com uma crise nervosa”

Written by  //  22 de Janeiro de 2013  //  Dezporto  //  No comments

IturbeO FC Porto não utiliza o futebolista Iturbe, mas também não deixa o jogador rumar ao River Plata. Indignado com a situação, o empresário do argentino afirmou que a situação está a provocar “uma crise nervosa” a Iturbe.

O FC Porto provocou uma “crise nervosa” ao futebolista argentino Juan Manuel Iturbe. O jogador não tem feito parte das opções do treinador Vítor Pereira e, segundo o empresário Augusto Paraja revelou em entrevista à Renascença, não entrará no onze dos dragões nos próximos seis meses. Ainda assim, os azuis e brancos não deixam que o jogador vá para o River Plate. Indignado com a situação, o empresário do atacante afirmou que “Iturbe está com uma crise nervosa”.

Na opinião de Augusto Paraja os dirigentes do FC Porto estão a submeter Iturbe a um “ataque psicológico”. “Se um jogador tem a oportunidade de ir para o River Plate, disposto a pagar, isso é bom. É uma boa opção. O jogador vai valorizar-se para um regresso futuro ao FC Porto. Agora, não temos de deitar tudo por terra quando o negócio é feito por um empresário e não por outro”, disse o empresário do argentino.

“O treinador disse-lhe duas vezes, há um mês e esta segunda-feira, ‘não vou contar contigo nos próximos seis meses’. O FC Porto é um clube sério, agora algumas pessoas do FC Porto dizem uma coisa e depois outra”, critica Augusto Paraja. Descontente com a situação, o empresário de Iturbe referiu que não percebe a razão de estarem a atacar um menino. “O treinador disse-lhe sempre o mesmo, mas não sei porque referem a seguir que ele tem de voltar. Porque é que atacam assim um menino? E o ataque nunca é frontal, é psicológico”, acrescentou o representante do jovem.

About the Author

Cátia Carmo

Praticante assídua de vários tipos de desporto e amante da escrita, desde os meus 11 anos que decidi lutar para conjugar, profissionalmente, estas minhas duas paixões através de uma só: o jornalismo. Agora estudante de Ciências da Comunicação na Universidade Nova de Lisboa vejo, aos poucos, o sonho a tornar-se realidade.

View all posts by

Leave a Comment

comm comm comm