Arquipélago dos Açores ganha mais verbas comunitárias para a pesca

Written by  //  5 de Março de 2013  //  Por Perto  //  No comments

pescaA actividade piscatória praticada nos Açores foi destacada pelas boas práticas relativas à sustentabilidade. O orçamento europeu para a pesca da região em 2014-2020 é superior ao aplicado até agora.

O arquipélago dos Açores vai contar com uma subida nas verbas europeias para a área da pesca. A garantia é de Maria Damanaki, comissária europeia das Pescas e Assuntos Marítimos. A responsável  afirmou esta segunda-feira que o orçamento para 2014-2020 será “superior ao anterior”, embora ainda não possua dados concretos.

Apesar de um aumento dos fundos, a actividade piscatória efectuada no arquipélago deverá sofrer algumas alterações, “relativas predominantemente à boa rotulagem dos produtos” e à “inovação e a segurança marítima”, avançou Damanaki. A comissária defendeu ainda que, dependendo dos pareceres científicos, algumas quotas de pesca da região têm a possibilidade de ser aumentadas.

Uma das tendências europeias na área das pescas é a aposta nas frotas artesanais e nas práticas sustentáveis, objectivos que vão ser incluídos na nova Política Comum de Pescas (PCP). Estas condições, que devem entrar em vigor no próximo ano, não são novidade para o arquipélago português. “Sei que os Açores pescam de forma sustentável e usam artes de pesca amigas do ambiente. Posso, assim, dizer que a reforma da PCP já chegou aqui, de certa forma”, referiu Damanaki.

About the Author

Cátia Soares

Estudante de Ciências da Comunicação. Sonhadora nata com vontade de aprender mais sobre o mundo e o jornalismo através de projectos tão (dez) interessantes quanto este.

View all posts by

Leave a Comment

comm comm comm