“Não reconheço no senhor Presidente da República autoridade moral para dar lições”

Written by  //  27 de Março de 2013  //  Por Perto  //  No comments

debate, francisco louca, jose socrates Sócrates falou ao país e aproveitou para fazer várias críticas ao Presidente da República. O antigo Primeiro-ministro disse que Cavaco Silva foi responsável pela queda do Governo socialista e que “fez tudo para haver uma crise política”.

José Sócrates quebrou o silêncio e falou aos portugueses numa entrevista à RTP. Questionado sobre várias temáticas, o antigo Primeiro-ministro não poupou críticas a Cavaco Silva.

“Não reconheço no senhor Presidente da República nenhuma autoridade moral para dar lições de solidariedade institucional”. Foi esta a resposta de José Sócrates sobre as críticas do Presidente da República, dizendo ainda que Cavaco Silva foi responsável pela queda do seu Governo. “O senhor Presidente da República fez tudo para haver uma crise política. Não fez nada para evitar a queda do meu Governo.”

O antigo Primeiro-ministro quis corrigir aquilo que achava ser uma “narrativa” errada, construída em volta da sua governação e agora distribuída pelo actual Governo. Primeiro “a ideia que em 2011 os problemas do país eram da responsabilidade do Governo” e depois “a ideia de que foi o anterior Governo que obrigou o país a pedir ajuda externa”. José Sócrates defendeu que o PEC4, chumbado no Parlamento, era a alternativa à ajuda internacional. “Isso é o segundo embuste: a ideia de que foi o anterior Governo que obrigou o país a pedir ajuda externa. O que levou ao pedido de ajuda externa foi a crise política e o chumbo do PEC 4”, afirmou.

Sobre a actualidade e crise do país, José Sócrates disse que não se pode recorrer a mais austeridade. “O país tem urgente necessidade de parar com a austeridade. É um erro económico e político muito sério, sem nenhuma preocupação com o crescimento económico.”, afirmou. “Parem de escavar o buraco. Parem com mais austeridade. Paremos com esta loucura”.

José Sócrates volta a ser tema nacional após o anúncio do seu espaço de comentário político na RTP. O antigo Primeiro-ministro explicou que pretende apenas expressar o seu ponto de vista sobre a actualidade do país e que não tem qualquer “plano para regressar à vida política activa”.

About the Author

Diana Rodrigues

Aspirante a Jornalista, estudo Ciências da Comunicação na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa. Apaixonada pela escrita e tudo o que ela envolve. Escrevo, leio e danço. Um caderno, um lápis, um livro e um mp3 são objectos essenciais. Fernando Pessoa dizia "Tenho em mim todos os sonhos do mundo", e apesar de não ter pessoas a viver dentro de mim, os sonhos também os tenho.

View all posts by

Leave a Comment

comm comm comm