Recuperados vestígios da primeira viagem lunar

Written by  //  28 de Março de 2013  //  Tecnociencia  //  No comments

solar vAlguns dos motores do foguetão que levou o Homem à Lua em 1969 foram recuperados. Prevê-se que os materiais, encontrados no fundo do oceano Atlântico, sejam restaurados e passem a integrar uma exposição em Washington, EUA.

Em Julho de 1969, o foguetão Saturno V transportou Armstrong, Aldrin e Collins até à Lua. Após o sucesso da missão Apollo 11, o regresso à Terra do veículo espacial levou à libertação de alguns materiais sobre no oceano Atlântico, onde permaneceram até esta quarta-feira.

Foi a 4267 metros de profundidade que a equipa liderada por Jeff Bezos, fundador da Amazon, descobriu parte dos motores do Saturno V. “Vimos uma terra encantada subaquática – um incrível jardim de motores F1 deformados, que contam a história de um fim violento e inflamado, que serve de testamento ao programa Apolo”, revelou Bezos à AFP.

Apesar das peças ainda serem propriedade da NASA, a agência espacial norte-americana apoia o resgate e restauração dos materiais, que deverão ser expostos no Museu Smithsonian do Ar e do Espaço, em Washington, EUA. “Queremos que este hardware conte a sua verdadeira história, incluindo a reentrada [na atmosfera terrestre] feita a 8000 quilómetros por hora e o subsequente impacto no oceano”, explicou Bezos.

About the Author

Cátia Soares

Estudante de Ciências da Comunicação. Sonhadora nata com vontade de aprender mais sobre o mundo e o jornalismo através de projectos tão (dez) interessantes quanto este.

View all posts by

Leave a Comment

comm comm comm