Instruções para criação de arma 3D são retiradas da internet

Written by  //  10 de Maio de 2013  //  Tecnociencia  //  No comments

arma3dO governo dos EUA obrigou a empresa que desenvolveu o protótipo da arma 3D “Liberator” a retirar da internet os seus processos de fabricação. A arma foi desenvolvida por um estudante norte-americano.

O estudante norte-americano Cody Wilson criou um grupo, a “Defense Distributed”, e desenvolveu uma arma tridimensional com o objectivo de facilitar o acesso a armas de fogo, sem o controlo das autoridades. A “Liberator”, como baptizaram, é composta por 16 peças ABS (material utilizado por impressoras 3-D) e permite disparar balas de vários calibres. O seu único componente de metal tem como objectivo ser detectado por scanners magnéticos, segurança fundamental nos aeroportos.

Após a realização do primeiro teste, gerou-se nos Estados Unidos um grande debate sobre o controlo de armas. O êxito na produção da “Liberator” induziu o governo a tomar algumas medidas. Segundo o jornal britânico “The Guardian”, o Departamento de Estado norte-americano ordenou a proibição do acesso aos processos de fabricação da arma, citando o direito internacional para controlo de armas de fogo.

O jornal espanhol “El Mundo” sublinhou que Espanha liderou o número de downloads do manual nas primeiras semanas, seguida pelos EUA. As transferências em todo mundo já ultrapassavam os cem mil. Wilson lamentou no seu Twitter dizendo que seu projeto foi “obscurecido” pela iniciativa do governo.

About the Author

Victor Rodrigues

View all posts by

Leave a Comment

comm comm comm