Greve dos professores pode ser alargada

Written by  //  6 de Junho de 2013  //  Por Perto  //  No comments

GREVEA FENPROF e o FNE saíram do Ministério da Educação sem terem chegado a consenso com o Governo. Mário Nogueira, secretário-geral da FENPROF, propõe o alargamento da greve.

Após a reunião desta quinta-feira no Ministério da Educação, que começou de manhã, a FENPROF (Federação Nacional dos Professores) e a Federação Nacional de Educação (FNE) saíram das negociações sem acordos realizados. Ambos os órgãos pretendem alargar a greve às avaliações da semana seguinte. Mário Nogueira, secretário-geral da FENPROF, afirmou que avançará com o alargamento da greve caso os outros sindicatos concordem. Já o secretário-geral da FNE, João Dias da Silva, afirmou que apenas irão alargar o calendário de greves depois de realizar um balanço.

No final do processo de negociações sobre a mobilidade especial, João Dias da Silva explicou que o Ministério da Educação e Ciência se mostrou disponível para criar “condições especiais” de aplicação deste regime aos docentes. Foi dada a garantia de que pelo menos até 2015 nenhum deles entrará em mobilidade, mas a FNE considera que não é suficiente, porque esta medida não se aplica aos restantes funcionários públicos.

Desta forma, mantém-se o calendário das greves com início nesta sexta-feira, dia 7 de Junho, com greve nas avaliações internas dos alunos que realizarão exames nacionais. Estão marcadas greves também para os dias 11, 12, 13 e 14 de Junho, uma manifestação marcada para dia 15 de Junho, e outra greve no dia 17, o primeiro dia dos exames nacionais.

O Presidente da República pediu, nesta tarde de quinta-feira, que os alunos sejam poupados às greves dos professores. “Há negociações [entre o Governo e os sindicatos] em curso, a greve é um direito, mas os estudantes não podem ser meios para atingir fins”, declarou Aníbal Cavaco Silva.

About the Author

Cintia Costa

O meu nome é Cíntia Tomaz da Costa, frequento o curso Ciências da Comunicação, na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa. O meu objectivo profissional é perseguir uma carreira no jornalismo. Gosto de escrever e ler, mas tenho interesses noutras áreas, como música, dança e desporto, nomeadamente voleibol. Gosto de viajar e conhecer novos lugares, novas pessoas e novos costumes.

View all posts by

Leave a Comment

comm comm comm