Manifestantes turcos mantêm protesto contra “injustiça no país”

Written by  //  15 de Junho de 2013  //  De Longe  //  No comments

turquia_reprodução_occupygezipicsOs manifestantes afirmam que vão continuar a luta contra as injustiças na Turquia. Apesar da promessa de não construir um centro comercial no Parque Gezi, a concentração de manifestantes no local aumenta cada vez mais.

Os manifestantes turcos, que há já duas semanas se encontram em protesto no Parque Gezi, em Istambul, vão permanecer na luta contra a proposta da construção de um centro comercial no local. Apesar do primeiro-ministro, Recep Erdogan, ter prometido não construir até decisão do tribunal sobre legalidade da decisão, um dos grupos de cidadãos, Solidariedade Taksim, rejeitou essa mesma proposta. Após debaterem o assunto durante a noite, anunciaram: “Vamos continuar a resistir contra a injustiça no nosso país”.

“Isto é só o princípio”, afirma o grupo Solidariedade Taksim, acrescentando: “Comparado com o que éramos há 18 dias, agora somos mais fortes, mais livres e temos mais esperanças”. O número de pessoas concentradas no Parque Gezi aumenta constantemente. “Jovens, já estão aí há muito tempo, já passaram a vossa mensagem. Porque é que ainda aí estão?”, perguntou o primeiro-ministro, ao propor a suspensão da construção no Parque Gezi.

No parque, as últimas duas semanas foram marcadas por confrontos com a polícia, que usou gás lacrimogéneo e canhões de água para dispersar os manifestantes. Os protestos já levaram a centenas de detenções, fizeram 7500 feridos e quatro mortos, na pior crise da era Erdogan. As manifestações anti-governo ganharam um teor político mais global, e a repressão, ordenada pelo primeiro-ministro quando dezenas de milhares de pessoas se concentraram na Praça Taksim, em Istambul, apenas fez crescer o descontentamento contra os políticos no poder (Erdogan é primeiro-ministro há dez anos).

About the Author

Cintia Costa

O meu nome é Cíntia Tomaz da Costa, frequento o curso Ciências da Comunicação, na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa. O meu objectivo profissional é perseguir uma carreira no jornalismo. Gosto de escrever e ler, mas tenho interesses noutras áreas, como música, dança e desporto, nomeadamente voleibol. Gosto de viajar e conhecer novos lugares, novas pessoas e novos costumes.

View all posts by

Leave a Comment

comm comm comm