O botão desta lanterna é o calor humano

Written by  //  8 de Agosto de 2013  //  Tecnociencia  //  No comments

AnnSem pilhas ou bateria, a iluminação da lanterna termoeléctrica ocorre devido ao calor da mão humana. O objectivo é reduzir o uso de pilhas e ajudar populações sem acesso à electricidade.

Basta agarrar na lanterna termoeléctrica para se fazer luz, pois sem pilhas ou baterias a iluminação nasce do calor humano. Esta ideia inovadora e barata foi desenvolvida pela canadiana Ann Makosinski que, com apenas 15 anos, pretende reduzir o número de pilhas usadas e ajudar populações sem acesso a electricidade.

Para produzir este novo objecto Ann utilizou placas Peltier, material com capacidade para produzir electricidade quando aquecido de um lado e arrefecido do outro. O design da lanterna tem um tubo de alumínio dentro de um canudo PVC e uma abertura que possibilita que a mão do utilizador agarre as placas. São essas placas de Peltier que utilizam o calor humano para alimentar a lâmpada LED.

“O meu design é ergonómico, termo dinamicamente eficiente e só precisa de uma diferença de temperatura de cinco graus para trabalhar e produzir até 5,4MegaWatts com 1,5 metros de brilho”, explica Ann. A jovem vê o seu projecto não só como uma tecnologia amiga do ambiente, por ajudar a libertar os solos de pilhas tóxicas, mas também como uma forma de ajudar a poupar electricidade ou ainda uma maneira de iluminar quem não tenha acesso a esta.

About the Author

Florbela Lourenço

Vinda do interior do país, estudo Ciências da Comunicação na Universidade Nova de Lisboa. Gosto de ler, escrever e observar o que me rodeia. Tenho como objectivo trabalhar na área do jornalismo, sobretudo em televisão e/ou imprensa.

View all posts by

Leave a Comment

comm comm comm