Protesto leva mais de 400 autocarros a atravessar ponte 25 de Abril

Written by  //  19 de Outubro de 2013  //  Por Perto  //  No comments

ponte 25 de AbrilO protesto “contra a exploração e o empobrecimento” está a marcar este sábado. A manifestação, marcada pela CGTP, conseguiu mobilizar mais de 400 autocarros na luta contra as medidas de austeridade apresentadas na proposta de Orçamento do Estado para 2014.

Mais de 400 autocarros atravessaram a ponte 25 de Abril, este sábado. Lá dentro iam manifestantes do sul e centro do país que não quiseram faltar à concentração marcada pela CGTP (Confederação Geral dos Trabalhadores Portugueses), em Alcântara. Lutar “contra a exploração e o empobrecimento” é o objectivo do protesto. Esta é uma luta que se faz sentir por todo o país, ocorrendo também em grande escala na cidade do Porto, com travessia a pé na ponte do Infante.

Em Lisboa, a travessia sobre a ponte 25 de Abril também era para ser efectuada a pé. Contudo, o Governo não autorizou alegando questões de segurança. A central sindical acabou por alterar os seus planos, organizando uma concentração em Alcântara, na capital.

Para lá chegar, milhares de manifestantes do sul e centro do país deslocaram-se de autocarro. Foram mais de 400 os transportes que atravessaram a ponte no sentido Almada-Lisboa, com destino à zona de Alcântara, provocando alguns cortes e congestionamentos no trânsito.

Com esta concentração, Arménio Carlos pretende apresentar as suas alternativas às propostas anunciadas pelo Governo. Para o líder da Intersindical esta tem sido uma política de austeridade e a proposta de Orçamento do Estado para o próximo ano só veio aumentar a indignação dos portugueses, contribuindo ainda para que mais pessoas se juntassem ao protesto deste sábado.

About the Author

Florbela Lourenço

Vinda do interior do país, estudo Ciências da Comunicação na Universidade Nova de Lisboa. Gosto de ler, escrever e observar o que me rodeia. Tenho como objectivo trabalhar na área do jornalismo, sobretudo em televisão e/ou imprensa.

View all posts by

Leave a Comment

comm comm comm