Os jovens da política portuguesa em debate

Cinco representantes dos cinco partidos com presença no Parlamento debateram o futuro das novas gerações e apresentaram as medidas que os une e separa. O painel teve a presença de Pedro Alves (JS), Duarte Marques(JSD), Daniel Albino (JP),  Mariana Mortágua (BE) e Cátia Lapeiro (CDU).

Pedro Alves diz que os dois grandes desafios nesta área são o desemprego e a precariedade que não dão garantia de estabilidade e desenvolvimento social.

‎”Apesar de tudo, tem havido uma capacidade de resistir a cenários mais desanimadores” existentes em outros países diz Pedro Alves.

Articulação entre o ensino superior e o mercado de trabalho é necessária, para que cada um saiba para aquilo que vai, assim defende o líder da Juventude Socialista.

Duarte Marques diz que adora ouvir socialistas a interpretar o programa do PSD à sua maneira.

‎”Um dos grandes problemas tem a ver com o ensino superior” diz Duarte Marques.

‎”Não podem existir 30 cursos de história porque não há emprego” afirma Duarte Marques.

Daniel Albino: o que é que é preferível? Uma pessoa passar fome, ou ter forma de se sustentar num dado momento?

Mariana Mortágua afirma diz que os jovens do BE estão integrados do partido, não existindo por isso uma Juventude.

‎”Para diminuir a precariedade seria bom acabar com todos os contratos precários” – Mariana Mortágua.

“Um trabalho com direitos não é mais caro que um trabalho sem direitos” afirma a representante do BE.

“Não se acaba com a precariedade fechando cursos” – Mariana Mortágua.

Cátia Lapeiro: temos de apontar responsabilidades aos governos nacionais.

‎”Investimento no aparelho produtivo nacional” é uma das medidas apresentadas pela representante da juventude da CDU.

‎”Não pretendo interpretar o programa do PSD, limito-me a lê-lo” – Pedro Alves.

Daniel Albino diz que é preciso reestruturar as redes de ensino e de cursos e onde eles se localizam.

Mariana Mortágua: “há um milhão de trabalhadores precários em Portugal”.

Cátia Lapeiro diz que muitas pessoas que têm contrato a prazo fazem funções de contratos permanentes.

A pergunta sobre a precariedade do trabalho no programa do PSD gera um debate aceso entre os representantes.

‎”É preciso pôr um travão aos falsos recibos verdes” diz Daniel Albino.

Pedro Alves diz cada pessoa é um ser único! Muito provavelmente teria feito outras opções.

‎”A ausência de pressão facilita os consensos” afirma Pedro Alves.

‎”O nosso interesse são políticas de juventude” afirma Duarte Marques.

‎”Nós na JSD muitas vezes temos posições que são parecidas a outros partidos. Não temos medo de assumir” – Duarte Marques.

As juventudes partidárias são escolas de cidadania, assim afirma Daniel Albino.

‎”A nossa geração está muito melhor preparada a nível de entendimentos” afirma o representante da Juventude Popular.

As decisões do BE não se limitam a seu líder, afirma Mariana Mortágua.

‎”Tenho confiança na geração e tenho confiança na juventude” diz Cátia Lapeiro.

About the Author

Filha de pai argelino e mãe portuguesa. Vivi em França, Marrocos e actualmente Portugal. Estudei Ciências e Tecnologias na ESJBV e tirei o curso de Ciências da Comunicação na Universidade Nova de Lisboa.

View all posts by

Leave a Comment

comm comm comm